Em 2019 aconteceu praticamente tudo. O que resta para 2020? (Parte I)

Na altura de fechar o ano e de estruturar 2020, de pegarmos em tudo o que construímos e começarmos a moldar o futuro, sentimos a necessidade de parar e olhar para trás. Refletir sobre o que atingimos, celebrarmos (talvez a parte mais fulcral), vermos o que correu bem para continuarmos a fazê-lo e o que correu mal para corrigirmos.

Há precisamente um ano atrás, ou seja, poucos dias antes do Natal de 2018, o menos, apesar de com toda a ambição, era uma pessoa a tempo inteiro e algumas pessoas voluntárias extremamente envolvidas. Não tínhamos sede, tínhamos poucos (apesar de bons) parceiros e apesar de os nossos programas estarem a ganhar estrutura e isso se estar a revelar nos resultados, creio que posso afirmar que ainda não eramos uma organização, eramos um projeto.

A pouco dias do Natal de 2019 e de fecharmos o ano, olhando para trás, para dar uma direção para o futuro, encontramos o menos diferente. E que diferença. Parece que aconteceu tudo o que podia ter acontecido.

Programa de Ignição de Novembro 2019
Programa de Ignição de Novembro 2019

Em Março, ganhamos uma nova casa – a Casa de Impacto, começamos a trabalhar com uma fundação internacional e a equipa cresceu para 3 pessoas a tempo inteiro. 3 pessoas não parece muito, mas para nós significou um aumento de 200%. Faz diferença.

Fizemos melhorias no programa que culminaram numa versão bastante mais sólida, começámos o programa de acompanhamento, replicámos o programa em Alenquer com a Colaboração da Incubadora Paulo Melo e ao cair do ano tivemos o nosso 1º evento de speed mentoring.

Trabalhámos com quase o dobro das pessoas do ano anterior, dando um apoio bastante mais extensivo. Os eventos de tradeshow ganharam estrutura com cerca de 50 pessoas presentes em cada e começámos a juntar a comunidade regularmente.

Os resultados foram confirmando a nossa determinação e o reconhecimento começou a chegar.

Em Agosto, numa altura em que financeiramente não estávamos nas melhores condições, tivemos a notícia de que fomos um dos vencedores do Prémio BPI La Caixa Solidário. Este prémio abriu as portas ao menos.

Entre várias outras vitórias, participámos no programa de aceleração AMPLIFICA (da Gulbenkian e Área Metropolitana do Porto), fomos a organização premiada do prémio Dona Antónia da Sogrape e tivemos há poucas semanas a notícia de que fomos um dos premiados do prémio VINCI para a Cidadania.

Sessão de grupo com a Vieira de Almeida Advogados no 1º evento de speedmentoring
Sessão de grupo com a Vieira de Almeida Advogados no 1º evento de speedmentoring

Paralelamente, começámos a colaborar com parceiros de peso, cruciais no apoio que damos aos empreendedores, como a Vieira de Almeida advogados, o ResVés cowork, o BCP microcrédito ou o ACM.

Tudo isto nos está a permitir ganhar estrutura, confiança e alimento para a nossa ambição. É nesta altura, poucos dias antes do Natal de 2019, a fechar o ano, que olhamos para o passado para começarmos a desenhar o futuro.

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Junta-te à nossa newsletter

Junta-te à nossa newsletter

Scroll to Top